“Tia Margarida vai a Brasília: história para alguém contar às crianças” Jayme Martins (1959)

“Quase todo gesto infantil significa uma ordem e um sinal em um meio para o qual só raramente homens geniais descortinam uma vista.” (Walter Benjamin, 1928)   Capa do livro “Tia Margarida vai a Brasília: história para alguém contar às crianças”, de Jayme Martins (1959)   Enquanto a Novíssima Capital do país erguia suas colunas delgadas e elegantes, … Mais “Tia Margarida vai a Brasília: história para alguém contar às crianças” Jayme Martins (1959)

O que a culpabilização da vítima de estupro e o conto da Chapeuzinho Vermelho têm em comum?

Uma jovem garota de capuz vermelho recebe de sua mãe uma cesta com alimentos e bebidas para ser entregue à sua avó adoentada, que vive do outro lado da floresta. Durante o caminho, depara-se com um lobo, o qual logo se interessa por saber o destino da jovem, e essa, prontamente informa que está indo … Mais O que a culpabilização da vítima de estupro e o conto da Chapeuzinho Vermelho têm em comum?

Lampião e Lancelote: a noção de entrelugar no tempo e no espaço

A viajem aqui proposta parte de um lugar em comum para nós, ou melhor, de dois lugares: a literatura e o “território” nordestino. Entretanto, para nos acompanhar em nosso itinerário, convido o leitor a libertar-se de algumas demarcações hierárquicas e limitadoras. Uma delas é a noção restrita de literatura como sendo um texto escrito destinado … Mais Lampião e Lancelote: a noção de entrelugar no tempo e no espaço

Os Molambolengos: um espetáculo medonho para todas as idades

Era uma vez uma esperta e amável garota Que se perdeu em um parque de diversão. Ela se arriscou a entrar Na carroça sem pensar, Quer saber qual foi a sensação? (LILLY, 2015) Os Molambolengos (The Squickerwonkers, no original) foi escrito pela atriz Evangeline Lilly e ilustrado por Johnny Fraser-Allen. O livro narra a história … Mais Os Molambolengos: um espetáculo medonho para todas as idades

Os 20 anos da Pedra Filosofal: um debate sobre as casas de Hogwarts – Híbridos e Hatstall

  As crianças atravessam os grandes portões de Hogwarts e caminham até o banquinho onde está um chapéu velho. Ignorando possíveis adendos descritivos às cenas de seleção presentes em Harry Potter, todo o processo, em primeiro momento, pode parecer consideravelmente simples; isso não parece acontecer devido à falta de complexidade naquele processo simbólico inicial em … Mais Os 20 anos da Pedra Filosofal: um debate sobre as casas de Hogwarts – Híbridos e Hatstall

Os 20 anos da Pedra Filosofal: um debate sobre as casas de Hogwarts – Lufa-Lufa

“Quem sabe é na Lufa-Lufa que você vai morar; Onde seus moradores são justos e leais, Pacientes, sinceros, sem medo da dor;” (ROWLING, 2000, p. 89)   Falar de preconceito, essencialismo e anti-essencialismo enquanto elementos presentes no universo ficcional criado por J. K. Rowling assume uma nova dimensão quando nos damos conta de que a … Mais Os 20 anos da Pedra Filosofal: um debate sobre as casas de Hogwarts – Lufa-Lufa

Os 20 anos da Pedra Filosofal: um debate sobre as casas de Hogwarts – Sonserina

Ao observarmos a estrutura social na qual estamos inseridos, é perceptível a imersão em um modelo dicotômico no qual o papel de cada indivíduo é definido de acordo com o lugar que ocupa nessa estrutura, perpassado pelas questões de raça, classe e gênero. Tal dicotomia nos traz extremos como lados de uma mesma moeda, sem … Mais Os 20 anos da Pedra Filosofal: um debate sobre as casas de Hogwarts – Sonserina