O que a culpabilização da vítima de estupro e o conto da Chapeuzinho Vermelho têm em comum?

Uma jovem garota de capuz vermelho recebe de sua mãe uma cesta com alimentos e bebidas para ser entregue à sua avó adoentada, que vive do outro lado da floresta. Durante o caminho, depara-se com um lobo, o qual logo se interessa por saber o destino da jovem, e essa, prontamente informa que está indo … Mais O que a culpabilização da vítima de estupro e o conto da Chapeuzinho Vermelho têm em comum?

Fada ou Bruxa? Uxa!

Em um dos livros mais conhecidos de Sylvia Orthof, Uxa, ora fada, ora bruxa, são narradas as aventuras de Uxa, uma bruxa que tem dias do sim, onde resolve responder afirmativamente para todas as coisas, e dias do não, em que responde negativamente a qualquer situação. Nos dias do sim, Uxa resolve ser fada, nos … Mais Fada ou Bruxa? Uxa!

Vozes das Áfricas em “Ogum, o rei de muitas faces e outras histórias de orixás”

É de conhecimento de todos nós da área educacional que, há mais de uma década, foi promulgada a Lei 10.639/2003, que visa sancionar e tornar obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana da educação básica. Essa lei tem o objetivo de assegurar igualdade de vida e cidadania, bem como o direito de … Mais Vozes das Áfricas em “Ogum, o rei de muitas faces e outras histórias de orixás”

Malévola: uma vilã empoderada

Contos de fadas são alguns dos textos mais reproduzidos e adaptados da Literatura, ao longo dos anos. Provenientes da tradição oral europeia, foram compilados e publicados entre os séculos XVI e XIX por autores como Charles Perrault, Jacob e Wilhelm Grimm, Hans Christian Andersen e Giambattista Basile. Durante o século XX, foram feitas muitas adaptações … Mais Malévola: uma vilã empoderada

O ritual no jardim: local de trabalho para leitores “menores”

Em 2008, quando fiquei responsável por ministrar a disciplina literatura infantil, no Instituto de Letras da UFBA, fui apresentada ao romance O ritual no jardim, do escritor baiano Mayrant Gallo, destinado ao público infantil. Desde então, a obra tornou-se exemplo, em minhas aulas de literatura, do que compreendo ser uma literatura infantil de qualidade, tendo … Mais O ritual no jardim: local de trabalho para leitores “menores”